Contos de Grimm/História de adivinhação

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

ERA UMA VEZ UMA MENINA LINDA QUE COM SEUS OLHOS ENCANTAVA TODO MUNDO ELA ERA CONHECIDA COMO A MENINA ENCANTADORA UM DIA ELA FOI SAIR ALUZ DO SOL QUANDO ELA SAIU OS OLHOS DELA BRILHOU COMO UMAS ESTRELAS do CÉU ELA TINHA IDO PASSEAR DE BICICLETA ELA GOSTAVA MUITO DE PASSEAR TODO OS DIAS DE BICICLETA A LUZ DO SOL E GOSTAVA DE VISITAR SUA AVO E , LEVAVA UMA SEXTAS DE BISCOITOS. UM DIA ELA IA SAIR PAR CONTAR HISTORIAS SOBRE ELA ELA CONTAVA QUE ELA FOI CRIADA POR TRES FADAS QUE CUIDAVA MUITO BEM DELA E DE SUA IRMA SO QUE UM DIA APARECEU SUA MAE QUE NAO A CRIOU A MAE DIZIA ME PERDOE-ME MINHA FILHA NAO TINHA CONDIÇOES DE LE CRIAR MAS EU CONHECIA TRES Fadas CONFIAVEIS ENTAO EU A DEI VOCES PARA ELAS CRIAREM E ENTAO CONTINUAVA A MENINA ENCANTADORA A FALAR MINHA IRMA ACEITOU A MINHA MAE A CRIA POR QUE MINHA MAE PEDIU E IMPLOROU MAS NAO CONSEGUIA PERDOA ELA POR NAO TER ME CRIADO ENTAO DA EM DIANTE EU NUNCA MAS VIE MINHA IRMA MAS FIQUEI VISITANDO ELA QUANDO CRESCI E AGORA ME TORNEI ESSA MENINA QUE TODO MUNDO DIS, A MENINA ENCANTADORA.