Disse-m'hoj'un cavaleiro

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disse-m'hoj'un cavaleiro
por Dom Dinis


Disse-m'hoj'un cavaleiro
que jazía feramente
un seu amigo doente,
e buscava-lhi lorbaga.
Dixi-lh'eu: «Seguramente
     come-o praga por praga»,

que el muitas vezes disse
per essa per que a come,
quantas én nunca diss'home;
e o que disse ben o paga,
ca, come can que ha fome,
     come-o praga por praga,

que el muitas vezes disse;
e jaz ora o astroso
mui doent'e mui nojoso
e, con medo, per si caga;
ca, come lobo ravioso,
     come-o praga por praga.