Don Bernaldo, pois tragedes

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Don Bernaldo, pois tragedes
por Pêro da Ponte


Don Bernaldo, pois tragedes
con vosc'ũa tal molher,
a peior que vós sabedes,
se o alguazil souber,
açoutar-vo-la querrá,
e a puta queixar-s'-á,
e vós assanhar-vos-hedes.

Mais vós, que tod'entendedes
quant'entende bon segrel,
pera que demo queredes
puta que non ha mester?
Ca vedes que vos fará:
en logar vos meterá
u vergonha prenderedes.

Mais que conselho faredes,
se alguén al-Rei disser
ca molher vosco teedes
e a justiçar quiser?
Senón Deus non lhi valrá
e vós, a que pesará,
valer non lhi poderedes.

E vós mentes non metedes,
se ela filho fezer,
andando, como veedes,
con algún peón qualquer,
(aquel temp'havemos ja),
alguén vos sospeitará
que no filho part'havedes?