Fique em silencio eterno a minha lyra

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fique em silencio eterno a minha lyra
por Antero de Quental
Poema publicado em Raios de Raios de Extincta Luz.