Gira, gira meu moinho

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Gira, gira meu moinho
Ai gira de noite e dia
Se não giras, meu moinho
Não me ganhas a maquia

Gira o rodízio sem descansar
Em volta espuma cor do luar
A água salta sempre a correr
A mó de pedra sempre a moer

Gira, gira meu moinho
A tua velha canção
Contente que nos vai dando
Farinha p'ró nosso pão

Gira o rodízio sem descansar
Em volta espuma cor do luar
A água salta sempre a correr
A mó de pedra sempre a moer