Hino da Legião Portuguesa

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino da Legião Portuguesa (Portugal)
Letra por José Gonçalves Lobo
Melodia por ?
Escrito em 1937


Nós teremos que vencer
Nada temos a temer
Da invasão comunista.

Já existe a Legião,
Ao vento solta o pendão,
Dá combate ao anarquista.

Não voltamos ao passado,
Acabou o revoltado,
Disso temos a certeza;

E mais tranquilos andamos
Porque todos confiamos
Na Legião Portuguesa.

Reparai no seu marchar,
Os braços a oscilar,
Elevando a mão ao peito.

Garbosos e aprumados,
São verdadeiros soldados
da ordem e do respeito.

Ele é um soldado unido,
Quer na paz ou quer no perigo,
O seu lema é avançar.

Respeita o seu comandante,
Gritando sempre: Avante!
Por Salazar! Salazar!