Hino do município de Arneiroz

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Arneiroz
Letra por Antonio de Sousa Torquato
Melodia por ?

Onde antes foi terra ofuscante, nosso povo herói habitou,
Vendo a luz, persistiu almejante, quando o sol no horizonte raiou.
Corações aguerridos à luta, braço forte com raça e vigor;
Nossa gente sincera desfruta, do processo excelente, o valor.

Arneiroz, Arneiroz!
Teu nome não cansemos de exaltar!
Arneiroz, Arneiroz!
Oh! Quanto é sublime te adorar!

Arneiroz de origem sublime
Enfrentaste bloqueio ao nascer,
Foste vítima da cruz do regime que tentou impedir-te crescer;
Triunfante na última etapa,
Da vitória ouviste alta voz
E na lista das Pátrias no mapa,
Hoje vemos teu nome, Arneiroz!

Arneiroz, Arneiroz!
Teu nome não cansemos de exaltar!
Arneiroz, Arneiroz!
Oh! Quanto é sublime te adorai!

Sob os raios de luz da esperança, um princípio de sonhos sorriu,
O passado remonta a lembrança do jucá o tempo extinguiu.
Quando então nossa Pátria fundada, por um povo herói, pertinaz,
Num declive da terra sagrada, instalou-se o templo da paz.

Arneiroz, Arneiroz!
Teu nome não cansemos de exaltai!
Arneiroz, Arneiroz!
Oh! Quanto é sublime te adorar!

Do trabalho da mãe natureza, Jaguaribe fendeu o teu chão.
Te entregando à rara beleza dentre os montes, o teu boqueirão.
Quando um sopro de glória vem lento, sobre os galhos do teu favelal.
Dá até impressão que é vento aclamando teu nome imortal!

Arneiroz, Arneiroz!
Teu nome não cansemos de exaltai!
Arneiroz, Arneiroz!
Oh! Quanto é sublime te adorar!

Na peleja com idas e voltas,
Veio a tua emancipação,
Agregaste intensas revoltas, batalhões e colonização.
Os detalhes da tua bandeira enaltecem teu belo perfil,
Tua gente é hospitaleira,
Tu és terra da terra Brasil!