Hino do município de Barra do Corda

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Barra do Corda
Letra por Olímpio Cruz
Melodia por Moisés da Providência Araújo

Entre várzeas e rios de águas límpidas,
Quando as flores em maio vêm surgir
Na terra maranhense ir gente e víride.
Mais vasta abriu-se a senda do porvir.
E o arrojo das três raças a que aventura
Plasmara no labor viril marcante,
Marchando firme em ritmo constante
Hoje nos mostra estética estrutura.

Estribrilho

Ó formosa cidade modelo
Dos teus filhos, o amor, o desvelo
É uma benção por Deus concedida,
Vinde todos unidos lutemos
e a vitória do bem alcancemos,
Para a glória da terra querida,
Contemplemos a cruz sobre a serra,
Dos caminhos de Deus o sinal,
E felizes saudemos a terra,
Que serviu-nos de berço natal.

Bendita pela fé que o céu transborda,
E ilumina o saber de tua gente,
Invicta hás de seguir, Barra do Corda
Ó esmeralda de Atenas brasileira,
Na intrepidez febril de um sangue quente,
Sem que a sorte te mostre o reverso
Para o mundo provar que és sobranceira,
Sobre as áureas os florões de teu progresso.