Hino do município de Barra do Mendes

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Barra do Mendes
Letra por Edízio Mendonça e José Carlos Sodré dos Santos
Melodia por José Carlos Sodré dos Santos


Quanta Beleza eu vejo em meu sonho,
quanta ternura nele está escrito,
quantas estrelas lá no infinito,
te iluminam ó mãe gentil!

O teu passado é feito de glórias,
o teu presente de realidade,
o teu futuro cheio de esperança,
vai te guardar Capital da Amizade!

As tuas serras serviram
de palco e cenário,
de tantas histórias,
lutas travadas em prantos,
em gotas de lágrimas,
sorrisos, vitórias!

Foram se os dedos, ficaram os anéis
e as lembranças dos teus Coronéis (bis)

Riachos e lagos se encontram,
formando a Barra mais linda do mundo!
O Rio Jacaré transbordando,
cururu cantando um canto profundo!

Barra do Mendes orgulho que faz
estes teus filhos bairristas demais! (bis)

Quanta Beleza eu vejo em meu sonho,
quanta ternura nele está escrito,
quantas estrelas lá no infinito,
te iluminam ó mãe gentil!

O teu passado é feito de glórias,
o teu presente de realidade,
o teu futuro cheio de esperança,
vai te guardar Capital da Amizade!

As tuas ruas modestas
recordam serestas,em noites de lua.
o som do chocalho do gado,
pastando no prado, a saudade flutua...

Te descrevemos em versos e prosa,
e te cobrimos com flores e rosas! (bis)

A nobreza da mãe natureza,
transmite a pureza do interior!
as missas e santas missões,
os lindos corrilhões, do tempo do vovô!

A tua Igreja é o teu coração!
Nossa Senhora da Conceição!

Barra do Mendes orgulho que faz
estes teus filhos bairristas demais! (bis)