Hino do município de Belo Vale

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Belo Vale
Letra por Antônio Pinto Ribeiro Júnior
Melodia por Pe. Absalão Martins Coelho

Salve Belo Vale de bonanças,
Salve, Salve terra dos amores.
Da mocidade, Fé e Esperanças.
Passado cheio de honras e valores.

Céu apoteótico iluminado,
Esplêndido de estrelas e de sol.
Chão magnífico, idolatrado.
Perene beleza do arrebol.

Montanhas claras ou nebulosas,
Tesouros de opulentas riquezas,
Metálicas, rudes, majestosas,
Plenas de poesia e de beleza.

Belo Vale eterno de ideais
Intocável e varonil
Alma pura de Minas Gerais
Fiel retrato do Brasil

Nos vergéis de lindos laranjais,
Divina sinfonia lá dos céus,
Altivo ao infinito salmodiáis
As maravilhas das obras de Deus.

Parahypeba dos bandeirantes,
Das épicas canções dos tropeiros,
Dos aboios, dos mitos berrantes
E dos imbatíveis pioneiros.

No mais amado vale do mundo
Nas lonjuras, saudades e dores
E no soluço amargo e profundo
Todos voltam, terra dos amores.

Belo Vale eterno de ideais
Intocável e varonil
Alma pura de Minas Gerais
Fiel retrato do Brasil