Hino do município de Belterra

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Belterra
Letra por Chardival Moura Pantoja e Wilson Fonseca
Melodia por Chardival Moura Pantoja e Wilson Fonseca

I
Bela terra tão cheia de glória
Namorada por outra nação
Foi assim que surgiste pra história
De conquistas, de luta e ambição
Em que o homem até hoje se aferra
Nessa luz de esplendor tão fugaz
És Belterra, Bendita Belterra!
Inspirada na crença da paz.

Refrão
Tua planície e o infinito confrontam
E eu contemplo a dizer aos olhos meus
Céu e terra aqui mesmo se encontram
Num abraço do homem com Deus.

II
Natureza bem pródiga e bela
Solo fértil e homem viril
Bem fadada na tua aquarela
Colorindo a Amazônia, o Brasil
O ar puro que sopra na serra
E que dá ao teu filho o vigor
Deu-me o som deste canto, Belterra
Inspirada na crença e no amor.

III
Salutar é tua gente que ama
E que quer ver amado o País
É a força em verdade que emana
Construindo uma raça feliz
Cada ação é a razão que encerra
Toda força de um povo que quer
Tua glória e grandeza, Belterra
Inspirada na crença e na fé.