Hino do município de Centro do Guilherme

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Centro do Guilherme
Letra por Prof. Ezequiel da Silva Almeida e Pastor Eliezio
Melodia por Prof. Ezequiel da Silva Almeida e Pastor Eliezio

Em meio as matas virgens, onde os pássaros cantavam,
Surgiu uma clareira, pois um guerreiro aqui chegava.
No ano de 68, quando tudo começou.
Chegou Guilherme José de Andrade, um grande herói aqui se instalou
Chegou Guilherme José de Andrade, um grande herói aqui se instalou.

Coro

Sou Guilhermense com satisfação.
Tu és meu orgulho de ti não abro mão.
Tuas belezas e culturas me encantam,
Ó terra amada do meu coração.

Seu povo é muito simples, mas forte e varonil,
Suas terras são tão ricas, não te troco por outros mil,
Tem o ouro e a pecuárias e um povo rico em fé
Como é tão linda tua beleza natural, assim banhada pelo Maracaçumé
Como é tão linda tua beleza natural, assim banhada pelo Maracaçumé.

Sua independência conquistou, com coragem e muita ação,
Quando o sol da liberdade, raiou à sua população.
Se lutarem contra ti, serei fiel constante e audaz,
Para até morrer por ti. Salve ó augusto símbolo da paz!
Para até morrer por ti. Salve ó augusto símbolo da paz!

Os teus índios são tão fortes, resistindo com louvor
A ganância sem piedade, o cruel devastador.
Se lutarem contra ti, serei fiel constante e audaz,
Para até morrer por ti. Salve ó augusto símbolo da paz!
Para até morrer por ti. Salve ó augusto símbolo da paz!