Hino do município de Crateús

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Crateús
Letra por Dr. Antonio Carlos Barreto
Melodia por Expedito Paiva e Carlos César


Dentre as águas do rio junto à serra
Pequenina cidade surge um dia
Entretanto, a grandeza já se encerra
Em seu porte real de fidalguia

Crateús, terra querida
Que de tanta beleza se reveste
Eis a razão de ser de nossa vida
Majestosa princesa do oeste

Tu és bela idolatrada, Crateús
Com teu ar de nobreza és imortal
És orgulho do Ceará - Terra da luz
Foste um dia o seu "Príncipe Imperial"

Já não és Príncipe, mas o diadema
Ainda tens sobre a fonte a realeza
Através da imagem de um poema
Continuas na vida a ser princesa.