Hino do município de Cristália

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Cristália
Letra por Fausto de Sousa Leite
Melodia por ?

Cristália...
Ó como és linda!
Teus verdes campos meu coração palpita
Enternece-me a alma
Dá-me guarida
Nós te amamos, ó mãe querida!

Cristália, cristalina
Você é uma menina
Que bem cedo emancipou.
O teu passado é de glorias
Que fincamos na memória
Com ternura e ardor.

Terra abençoada
Que bradamos mãe amada
Onde o homem é portentoso.
És tu, ó mãe querida!
Mãe garrida de povo laborioso.

De beleza singular
Sol, lua e estrelas
Que não param de brilhar.
Suas águas cristalinas
Em planícies e colinas
Abundantes a jorrar.

Nas pedras preciosas
Revele ser prodigiosa
Eterna mãe compadecente.
Belos rios, belos montes
Fontes vivas e fecundas
Orgulho da nossa gente.

A fauna e a flora
Há tudo como outrora
Presente do Criador
A teus filhos queridos
Povo forte aguerrido
Que proclama lindas dádivas
E de braços entrelaçados
As resguardam com furor.