Hino do município de Cristiano Otoni

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa
Hino do município de Cristiano Otoni
Letra por José Antonio de Oliveira
Melodia por Antonio Carlos Costa Vieira
Lei nº 839, de 28 de junho de 2017.

Entre montanhas e campos das Vertentes,
Onde a Estrada Real o tempo esconde,
Emoldurada por matas e nascentes,
Surge a beleza de Cristiano Otoni.
 
Em nosso peito guardamos a memória,
Mas nossos olhos apontam para a frente;
Gravando alegres nas páginas da história
O nosso orgulho de ser Cristianense.
 
Em São Caetano, onde tudo se inicia,
No Engenho Velho - saudades e sabores,
Ou na Capela da Santa que nos Guia:
Histórias mil no Museu Amália Flores.
 
Um homem sábio, ousado e corajoso,
“Pai das estradas de ferro do Brasil”,
Inaugurou nestas terras tempo novo,
E em nossa história seu nome imprimiu.
  
Na Estação, dos encontros e partidas,
Onde esperanças brincavam de esconder,
A Caixa d’água, tão rara, nos convida
A saciar nossa sede de viver.
 
Tua riqueza maior é o teu povo;
Com sua fé, a cultura e sua arte,
Que salvaguarda o antigo e faz o novo
E que te faz ser querida em toda parte.