Hino do município de Esperantina (Tocantins)

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Entre as matas, lagos e rios uma cidade surgiu,
Entre a força e o desafio dos desbravadores.
Pediu licença à natureza p’ra explorar sua beleza,
Porque tinham certeza que eram benfeitores.

Salve! Salve! Adorada Esperantina, encantos mil!
Salve! Salve! Ó pátria amada, um pedacinho do Brasil!
Resplandece tua beleza terra querida, mãe leal.
Salve! Salve! A natureza, sua beleza natural.

Ó bem-amada tu és formosa é a nossa mãe gentil,
Edificada em berço esplêndido entre as margens de dois rios.
Quem te conhece jamais te esquece sempre volta aos braços seus,
Esperantina, tu és amada, sempre acolhe os filhos seus.

Salve! Salve! Adorada Esperantina, encantos mil!
Salve! Salve! Ó pátria amada, um pedacinho do Brasil!
Resplandece tua beleza terra querida, mãe leal.
Salve! Salve! A natureza, sua beleza natural.

Com muita luta, suor e trabalho o seu nome hoje se gloria,
Com a força e a competência hoje reina com vitória.
Temos o forte nossa cultura, nossa terra é mais fértil,
Temos lazer e lindas praias e a beleza de dois rios.

Salve! Salve! Adorada Esperantina, encantos mil!
Salve! Salve! Ó pátria amada, um pedacinho do Brasil!
Resplandece tua beleza terra querida, mãe leal.
Salve! Salve! A natureza, sua beleza natural.

Sua beleza mostra sua cultura, as riquezas naturais,
Matas verdes, lagos e rios, frutos e outros minerais.
Terra nossa bem abençoada que recebe o desafio,
Seja sempre iluminada pelo sol do meu Brasil.

Salve! Salve! Adorada Esperantina, encantos mil!
Salve! Salve! Ó pátria amada, um pedacinho do Brasil!
Resplandece tua beleza terra querida, mãe leal.
Salve! Salve! A natureza, sua beleza natural.