Hino do município de Guapimirim

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Guapimirim
Letra por Paulo Cesar Matos
Melodia por Léa Marques Guimarães

Canta a brisa na Mata Atlântica,
Gorjeios de sons varonis.
Fonte pequena de imensa beleza,
Brilhando no sol de Guapimirim.

Canta em nossa alma, esperança
Surpresas de emoções gentis.
No Dedo-de-Deus, arco íris
Iluminando esse nosso Brasil!

Estribilho

Somos bravos, somos fortes
E jamais seremos fracos
Nos braços do vento norte. (2x)

Raios e trovões abalam
E o destino cristão
Fundando casas de honrosa ação
Na alegria de nos salvar.

Corre água em cachoeiras
Lírios e os manguezais
E o dito que é popular:
— Quem bebe água de Guapi
saudoso voltará!

(Porque...)

Estribilho

Somos bravos, somos fortes
E jamais seremos fracos
Nos braços do vento norte. (2x)

Doura nuvens, a lua cheia
Sob as estrelas, o amor
E pelos campos, nossos cantadores
Trovando a vida de Guapimirim.

Na lembrança, tribos remotas
Guerreiros plenos de furor
Sedentos de humanos desejos
De luta e glória por Guapimirim.

Estribilho

Somos bravos, somos fortes
E jamais seremos fracos
Nos braços do vento norte. (2x)