Hino do município de Guarda-Mor

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Guarda-Mor
Letra por Dr. Antôni Ribeiro & Caetano de Faria
Melodia por Dr. Antôni Ribeiro & Caetano de Faria


Guarda-Mor, és estrela sem grandeza,
De grande e majestosa constelação.
Mas as tuas águas correm, com extrema ligeireza,
Para dois ilustres vales da nação.

Tuas águas ao São Francisco chegam, enfim,
Também o Paranaíba engrossar vão.
Levando então, assim, a dois pontos do mar sem fim,
Partes valiosas deste encantado terrão.

Guarda-Mor, minha amada Guarda-Mor,
Orgulho-me de ti por esta razão.
Tuas nascentes são o penhor, tiradas da água melhor
Que se encontram por toda essa região.

Teu clima é frio, mas também muito ameno
E concorre para uma vida saudável,
Bis} Dando como doce ameno e hospitaleiro aceno
Bis} Existência mui tranqüila e adorável.

Ordem, calma e muita tranqüilidade
São os atrativos que a população
Desta querida cidade, com seu gesto de bondade,
Oferece, de bom grato ao cidadão.