Hino do município de Ibitiara

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Ibitiara
Letra por Nadir Alves Xavier de Andrade
Melodia por Nadir Alves Xavier de Andrade
I

Ibitiara é uma cidadezinha,
Hospitaleira e aconchegante
Ibitiara, no sertão agreste,
Cheia de sol que nela resplandece.
Voando ao céu, havia andorinhas,
Guardo no peito a saudade minha,
Ibitiara foste Bom Sucesso,
E hoje guarda esse nome egresso.

REFRÃO

Vem, ó Ibitiara,
Vem, mostra o seu valor.
Tens o aval
De teus filhos em regresso.

II

Relembro, ainda, o teu povo antigo.
A ocupar os postos em destaque
Os patriotas com seu cavanhaque
Com um bigode e chapéu de massa
Tal aparência tinham coronéis
Major também se mostrava assim
E as mulheres com meias de seda
Mantinham porte usando carmim

III

Os habitantes se evoluíram
Pois na escola eles concluíram
Mais outros cursos se apareceram
E suas mentes se iluminaram.
Querendo já mudança social,
Comparativa ao espaço sideral,
Constelação, agora, regional.

IV

Cresceste muito nesse seu espaço
Precisas, hoje, ainda resgatar.
Do teu passado expressões culturais
Que se perderam através dos tempos
A filarmônica encantava a todos
Tocando ritmado seus dobrados,
E os reisados de fim do fim do ano,
Que perduravam após os feriados.

V

Tu tens também belezas naturais,
Um panorama que fascina a vista
Serras e montes, lagoa central
Que enriquece o teu cabedal.
Agora, quando tu estás mais bela,
Com ruas limpa, cais arborizado
Tuas roseiras deixam, no ar, perfume,
Tomando todo ser inebriado.

VI

A migração de outras regiões
Juntou teu povo, sim, com outros povos
Aqui trazidos por motivos vários
Ora concursos, ou pelos cristais
Teu pavilhão reflete o amarelo
E a cultura que em teu solo brota
Ibitiara, terra mui querida
Recebe o canto e o amor dos que abriga.