Hino do município de Igarassu

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino de Igarassu
Letra por Pedro de Melo Costa e Carmem Valpassos
Melodia por Agrício Braz dos Santos
Lei Municipal nº 1.415, de 20 de janeiro de 1976

Coqueirais farfalhando ao vento
Sob a brisa amena do mar,
No horizonte a náu majestosa
Motivou o nativo a gritar:
Igarassu! que na sua linguagem
Quer dizer grande embarcação,
Que trazia Duarte Coelho
O herói da colonização

Refrão

Igarassu! Igarassu!
Foi o brado do guerreiro varonil,
Igarassu! Igarassu!
És o marco da História do Brasil (BIS)

Pernambuco nasceu em teu solo
E o nordeste daqui se expandiu,
Brava grei se acalenta em teu colo,
Que a muitos heróis já serviu,
Relicário de um nobre passado
Conservado com veneração
Pelos teus padroeiros amados,
Os santos queridos: Cosme e Damião.