Hino do município de Itambaracá

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Itambaracá
Letra por Sebastião Lima
Melodia por Sebastião Lima

Bem às margens da Paranapanema
Tu nascestes, querido rincão.
Já trouxestes do berço um lema
Que guardamos com muita afeição
Com o labor do teu filho varonil
Radiante seria o sucesso
Que este canto feliz do Brasil
Hoje é pleno de paz e progresso

Minha linda Itambaracá
Hás de ser sempre o meu bem querer
Terra igual, juro, não há.
Sou teu filho e por ti vou viver
Nosso respeito e afeição
Ao herói desbravador
Por nos legar este torrão
Templo augusto de sonho e amor

Os limites da geografia
Nos confrontam com um povo irmão
Onde as lutas do dia a dia
Nos irmanam sem ter distinção
Salve, salve! Oh! Terra querida
Minha doce Itambaracá
A ti pertence a minha vida
Filha altiva do meu Paraná

Minha linda Itambaracá
Hás de ser sempre o meu bem querer
Terra igual, juro, não há.
Sou teu filho e por ti vou viver
Nosso respeito e afeição
Ao herói desbravador
Por nos legar este torrão
Templo augusto de sonho e amor