Hino do município de Natuba

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Natuba
Letra por Beatriz Pereira de Araújo
Melodia por Gleivson Ribeiro de Almeida
Instituído pela Lei Municipal nº. 408/2003, de 19 de setembro de 2003


I
O ideal que surgiu liberdade
Num famoso gesto varonil
Despertou no filho desta terra
Num recanto do Sul do Brasil!
À frente vamos, natubenses
Exaltar nosso audaz pavilhão!
Com grandeza, amor e civismo
Irmanados num só coração.

Refrão
Salve Natuba! Salve Natuba!
Por teus filhos adorada!
Ostentas tuas riquezas
És por Deus abençoada!

II
Debruçada às margens do rio
Adornada pelos canaviais,
Assim nasceste oh! Filha das Selvas,
Embalada por belos cafezais,
No coração e nas veias do teu povo,
Bate o sangue tupi-guarani!
Em tua História se guarda a lembrança
Retratada na Índia Mani.

III
O orgulho dos antepassados
Que te viram neste berço crescer,
Simboliza hoje o brio de um povo!
Na esperança do teu enaltecer,
A memória desta gente desperta
Fervoroso amor sem igual!
Permanece altiva e presente
A chama viva ardente imortal.

IV
A beleza das matas constantes,
A riqueza dos teus parreirais,
A pujança das tuas cascatas,
A verdura dos teus bananais!
Os teus rios e tuas montanhas
Em teus vales brotam minerais
Brilha ouro o sol sobre os montes
Paraíso majestoso e colossal.

V
Ao ouvir o gorjeio das aves
No coração o amor faz sentir!
O nascer de um novo horizonte
Na esperança de ti ver progredir!
Teu passado eterniza uma história
Teu presente fulgurante se faz!
Teu futuro espelha a nobreza,
Desta terra de gloria e de paz.