Hino do município de Olho d'Água das Cunhãs

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Olho d'Água das Cunhãs
Letra por Luciano Oliveira
Melodia por Francisco Coelho


<poem> Olho d’água mãe querida, quanta glória em tua historia, O teu futuro tanta esperança, em teus filhos a certeza da vitória,

O teu nome é o da família primeira, tua riqueza vem da terra natureza, E na luta teu escudo é a bandeira, nessa linda e forte terra das palmeiras,

Olho d’água das cunhãs cidade amada, horizonte que ao mundo se abriu, Cidade do maranhão pedacinho do Brasil.

Cidade que tanto adoro, de um povo bravo e capaz, de escrever sua própria história, de Grandeza, de justiça e de paz,

Teu verde e sem igual bela e cultural, de nossos filhos patrimônio nacional, Que tu tenhas honra como estandarte, e o desenvolvimento seja o teu lema, e a bandeira que ostentas para sempre, nos seja motivo de orgulho,

Olho d’água das cunhãs cidade amada, horizonte que ao mundo se abriu, Cidade do maranhão pedacinho do Brasil.

Olho d’água mãe querida, sobre o teu céu mostraste a vida, no meu peito um grito ecoa, Minha vida eternamente será sua, os teus filhos guardiã sempre será, a defesa dessa terra que se faz, tua chama nos aquece e nos refaz, e os teus feitos para sempre iram ficar,

Olho d’água das cunhãs cidade amada, horizonte que ao mundo se abriu, Cidade do maranhão pedacinho do Brasil.