Hino do município de Panorama

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Panorama
Letra por
Melodia por ?

Às plácidas margens de um rio
Que é o nosso imenso Paraná
Mãos benditas um dia surgiram
E ao verem paisagem sem par
De amor os corações se abriram
Com as belezas deste lugar
Junto às águas, uma Flor nasceu.
Que de amor pôs-se a suspirar.

E a cidade, beijando o rio
Também ela por ele beijada
Panorama! Que belo destino!
Deste rio a eterna namorada.
 
Aqui, o pôr-do-sol tem fascínio.
Os teus campos exalam poesia
E a amplidão desperta saudades
Doces sonhos que ao teu luar eu via
Mais formosa és na Primavera
Os pássaros cantam como Orfeus
E as manhãs, são bem mais radiantes.
És um grande presente de Deus
 
Lá-lá-láá; Lá-láá; Lá-láá
Lá-lá-láá; Lá-láá (BIS)
Lá-lá-láá; Lá-láá; Lá-láá
 
Teu alegre Povo, em harmonia.
Com carinho acolhe o forasteiro
Teu singelo nome irradia
Toda paz deste Universo inteiro
Teu labor no ventre desta terra
E sob este céu azul de anil
Refletem "o cantar" que bem és
Grato orgulho do nosso Brasil.
 
E a cidade, beijando o rio
Também ela por ele beijada
Panorama! Que belo destino!
Deste rio a eterna namorada.
 
Sou também de ti enamorado
Quanto o teu tão amado andarilho
Que ao te ver junto a ti quer que dar
Para sempre contemplar teu brilho
E chorando acena num adeus
Segue o seu caminho para o Mar
Mas eu fico, e te dou meu consolo.
Panorama! Flor do rio Paraná!