Hino do município de Parapuã

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Parapuã
Letra por Sônia Maria Lopes Moreira e Elizabete Aparecida Lopes de Arruda
Melodia por Sônia Maria Lopes Moreira e Elizabete Aparecida Lopes de Arruda

Vigor, coragem, vontade
Nunca faltaram ao fundador
Luiz de Souza Leão;
Inquieto empreendedor,
Sonhava com o progresso
E as riquezas deste chão.

Nasceu, então,
Canaã, terra querida,
De conquistadores
Terra prometida;
Em terras férteis
Entre o Peixe e Aguapeí

Os imigrantes chegaram
Para esta terra mudar:
Plantaram os cafezais,
Lavouras e algodoais;
Agricultura abundante
E todos a prosperar.

Cresceu, então,
Parapuã, terra querida,
De conquistadores
Terra prometida;
Em terras férteis
Entre o Peixe e Aguapeí.

Da natureza tão sábia
Ao homem trabalhador,
Lindos verdes seringais
E belos canaviais,
Tesouro a transformar
A paisagem do lugar.

Cresceu, então,
Parapuã, terra querida,
De conquistadores
Terra prometida;
Em terras férteis
Entre o Peixe e Aguapeí.

Comandante João Ribeiro
E Assis Chateaubriand
Rodovias importantes
Que cotam Parapuã,
Unindo o Brasil inteiro
A eterna Canaã.

Cresceu, então,
Parapuã, terra querida,
De conquistadores
Terra prometida;
Em terras férteis
Entre o Peixe e Aguapeí.

Com alegria cantamos
Cidade hospitaleira:
Pequena e acolhedoura;
Povo que luta e tem fé.
Amamos Parapuã
Da maneira que ela é.