Hino do município de Poconé

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Poconé
Letra por Rubens de Mendonça
Melodia por José Albertino da Silva

Rechaçando os guerreiros da Espanha
Os limites lhes impôs com altivez
Demonstrando bravura tamanha
Defendendo o pendão português

Descendentes da tribo famosa
Dos valentes Beripoconé
Era tribo com arrojo, fogosa (bis)
Que lutava morrendo de pé

Os seus filhos cobriram de glórias
Declarando num tom marcial:
“Sei que morro”, que ficava na história (bis)
Como lema de um povo imortal

Descendentes da tribo famosa
Dos valentes Beripoconé
Era tribo com arrojo, fogosa (bis)
Que lutava morrendo de pé

De Luís de Albuquerque era o sonho
Era sonho de amor e de fé
Deus lhe dê um futuro risonho (bis)
Ó São Pedro Del Rei – Poconé...

Descendentes da tribo famosa
Dos valentes Beripoconé
Era tribo com arrojo, fogosa (bis)
Que lutava morrendo de pé