Hino do município de Quitandinha

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Quitandinha
Letra por João Santana Pinto
Melodia por Sebastião Lima

Quitandinha, cidade tão bela
Tu és aquela comuna sem par
Já nasceste formosa e cadente
Estrela fulgente no céu a brilhar

Despontaste no firme horizonte
Vale e monte sem joio e sem fel
És maná que alimenta o faminto
Em teu seio eu sinto a doçura do mel

Quitandinha és célula viva
Que a todos cativa
Num santo ideal
Conduz o teu povo solene
Na Luta perene
Sem sombras do mal.

É teu solo tão rico e fecundo
Novo mundo que Deus abençoou
Tuas águas tão límpidas e finas
São jóias divinas que a fonte jorrou

O teu povo leal, sobranceiro
Altaneiro, com tanta afeição
Traz consigo qual lema de vida
Lutar sem guarida, viver pelo irmão.

Quitandinha és célula viva
Que a todos cativa
Num santo ideal
Conduz o teu povo solene
Na Luta perene
Sem sombras do mal.