Hino do município de Resende

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Resende
Letra por Poeta Luiz Pistarini
Melodia por Maestro Lucas Ferraz
Hino composto para o Centenário de Resende, em 1901.

Resendenses, entoemos um hino
Que fulgure qual mundo que sois,
A esta terra, que é um berço divino
De poetas, de artistas, de heróis!

Eia, pois, fervorosos saudemos
De Resende, a Cidade gentil
Onde o berço,entre flores tivemos
Sob um céu todo azul, todo anil!

Covam bençãos de luz sobre o dia
Em que o seu Centenário ela faz!
Que nos enche de doce alegria,
Que ventura tão doce nos traz!

De outro século o sol majestoso
Surge agora imponente "brandão"
Deste "Vale", dourado, amoroso,
Toda nova e aromal floração!

O Itatiaia, emergindo das brumas,
Ei-lo, o século novo a saudar!
E o Paraíba o seu manto de espumas,
Vai contente e cantante a arrastar.

Que este dia, da Pátria, na história
Fulja sempre com mago esplendor!
E que viva na nossa memória,
Todo luz, todo paz, todo amor!