Hino do município de Rorainópolis

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Rorainópolis
Letra por Deusdete Alves Carvalho
Melodia por Deusdete Alves Carvalho


As margens do azul Anauá
Na linha que Ostenta o Equador
Nos rincões do sul de Roraima
Rorainópolis surgiu com fervor
De um povo forte e retumbante
Migrante, que veio integrar
Terra que emana fartura infinita.
 
Salve! Salve! Rorainópolis
Faça tremer o nosso pendão
Faça erguer o teu estandarte
Para orgulho da nossa nação.
 
Quando as mãos de Deus te criou
Bela e pujante tu ressurgiste
Na paisagem de verde infinito
Extremo norte do nosso Brasil
De uma nobreza que sublima
Teu clima que é tropical
Na abundância das tuas jazidas
Da tantalista que é sem igual