Hino do município de São Raimundo Nonato

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de São Raimundo Nonato
Letra por Teresina de Castro Ferreira
Melodia por Luís Santos

São Raimundo de belas paisagens
Belas serras, mistério e saber;
Serra branca que o poeta cantará
Nas estrofes de um grande querer
Quantas serras te enfeitam e contornam
Capivara de caça e beleza;
É mais verde a paisagem que orna
Estes campos de gado e riqueza.

Nas tuas matas a onça braveja;
Nos teus campos pasteja o caprino.
Nos roçados a mamona e a mandioca
Enriquecem o teu grande destino
Berço amado de filhos ilustres
Espalhados no resto do mundo;
És saudade dos filhos que partem
És o meu grande amor São Raimundo

São Raimundo, cidade bendita,
De ternura, amor e emoção;
São Raimundo, tu és tão bonita
Oh querida Princesa do Sertão.

Nem a chuva que falta nos campos
Nem a seca que estorrica o chão
Nem as noites sem a luz dos pirilampos
Te retiram do meu coração.

Cada palmo de serra e verdura;
Cada gesto de eterna emoção
Mim enternecem na grata ventura
De nascer neste lindo torrão,

São Raimundo, cidade bendita,
De ternura, amor e emoção;
São Raimundo, tu és tão bonita
Oh querida Princesa do Sertão.