Hino do município de Santa Luz

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Santa Luz
Letra por Josenilde Ribeiro dos Santos
Melodia por Juliana Nascimento

Santa Luz, de ti espero
Solo brando, vida e esperança
Doce berço, cheio de esmero
Faz aos jovens adultos e crianças

Refrão

Terra santa, terra amada
Luz que nos afaga
Com as mãos de Deus e dos homens
O teu brilho não apaga

De bom grado trago em memória
No solo vindo pisar
Os grandes heróis da sua história
Seus dotes pôde colaborar

Terra santa, terra amada
Luz que nos afaga
Com as mãos de Deus e dos homens
O teu brilho não apaga

No território que encanta
Doce refúgio no celeiro
Revelou-se a lagoa santa
Descoberto por nobres boiadeiros

Terra santa, terra amada
Luz que nos afaga
Com as mãos de Deus e dos homens
O teu brilho não apaga

Trago no peito a dor que viceja
A flor purificando o ar
Saudades dos bichos, que faziam cortejo
Já esquecendo a lagoa com a mata ciliar

Terra santa, terra amada
Luz que nos afaga
Com as mãos de Deus e dos homens
O teu brilho não apaga

Povo humilde, povo forte
Os sonhos, traz guarida
Lutaremos com bom porte
Que esta terra jamais fique esquecida

Terra santa, terra amada
Luz que nos afaga
Com as mãos de Deus e dos homens
O teu brilho não apaga

Luta foi te emancipar
Outras vias deves ultrapassar
Já respira lado a lado
Um grande sonho realizado

Terra santa, terra amada
Luz que nos afaga
Com as mãos de Deus e dos homens
O teu brilho não apaga