Hino do município de Santo Ângelo

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Santo Ângelo
Letra por Dinarte Beck
Melodia por Carlos Slivinski e arranjo por Elemar de La Rue

Salve históricos campos eternos
De Santo Ângelo o nobre perfil
Se destacam em contornos modernos
Neste verde rincão senhoril.

Estribilho:
Deus por guia, o progresso por meta
Nossa fibra que temos no agir
A cidade na Pátria projeta
Rumo a glória do grande porvir.

Ela vem das missões e se escutam
Essas cargas que a história bendiz
E Sepé numa bárbara luta
Manter viva sua raça ele quis.

Tem o afã perenal das colméias
Traz a marca no músculo audaz
A riqueza e a fartura nas veias
Lhe perpassam banhados de paz.

Range a máquina, tine o malho
Rumoreja o comércio febril
Brilha a enxada e se escuta o trabalho
Num coral de quem ergue o Brasil.

O seu povo com frêmito e zelo
Forja as almas no bronze da fé
Com o pão do ideal vide vê-lo
Que haveis sempre achá-lo em pé.