Hino do município de Solonópole

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Solonópole
Letra por Jango Weltmann
Melodia por Dom José Mauro


De um milagre da fé, no passado
Nasce um povo de mil tradições
Que hoje, forte, entoa o seu brado:
Luta e glória, são nossos brasões!

Foi buscando as riquezas da terra
Que teu povo se fez varonil
Cachoeira de sangue, entre as serras
Tua história orgulhando o Brasil.

Esperança, no peito verdeja
Do teu povo solonopolense
No teu canto de paz sertaneja
Sob o manto do céu cearense!

Noutras plagas teu sangue ficou
Como glória do chão brasileiro
E a história, teu nome deixou
Como forte e valente guerreiro!

Faz de ti, novo chão bandeirante
Que na luta a bandeira desfralda;
Transformada em progresso gigante,
Com jazidas de mil esmeraldas!

Esperança, no peito verdeja
Do teu povo solonopolense
No teu canto de paz sertaneja
Sob o manto do céu cearense!

Bom Jesus abençoa a cidade
Com teu braços relembrando a cruz
Semeando o amor e a verdade
Qual milagre, num raio de luz.

Cachoeira que fostes um dia
Centenária cidade querida
Nosso afeto, perene alegria
Nosso amor, nossa fé, nossa vida.

Esperança, no peito verdeja
Do teu povo solonopolense
No teu canto de paz sertaneja
Sob o manto do céu cearense!