Hino do município de Tefé

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Tefé
Letra por Pe. Manuel de Lima Cáuper
Melodia por Pe. Manuel de Lima Cáuper
Hino oficializado pela lei municipal nº 28, de 16 de novembro 1983.


Aos apelos da voz do passado,
Nossas almas erguidas de pé,
Vem cantar-se num preito sagrado,
Ó cidade gentil de Tefé.
Tua História de lutas ingentes
Foi um facho de vivo clarão
A brilhar sobre as matas virentes
Deste vasto e formoso rincão.

Do Amazonas Comuna altaneira,
És princesa do Rio Solimões,
Salve, Salve, Tefé sobranceira!
Tens os nossos fiéis corações.

Sobranceiro, o teu lago formoso,
Entre as praias e matas em flor,
Tu plantaste um padrão glorioso
De progresso, de fé e labor
O teu povo, de grande nobreza,
E leal, tem altiva cerviz.
Sob o manto de Santa Tereza,
Vive honrado, contente e feliz.

Do Amazonas Comuna altaneira,
És princesa do Rio Solimões,
Salve, Salve, Tefé sobranceira!
Tens os nossos fiéis corações.

Neste fúlgido bicentenário,
Os teus filhos celebram com fé,
Teu passado viril, legendário,
Velha Ega – Risonha Tefé
Ergue a fronte e contempla orgulhosa
E prossegue tua marcha garbosa
Para a glória imortal do porvir.

Do Amazonas Comuna altaneira,
És princesa do Rio Solimões,
Salve, Salve, Tefé sobranceira!
Tens os nossos fiéis corações.