Hino do município de Terenos

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Terenos
Letra por Heli Corrêa
Melodia por Emygdio de Campos Widal

Grande Terra! Chão de Mato Grosso!
Verdes campos! Céu de puro anil!
TERENOS, minha terra, és um colosso!
Solo bendito! Pedaço do Brasil.

Salve, Salve, gloriosa Terenos!
Berço – índio que Deus embalou.
Salve Terra por ti lutaremos,
batalhando com fé, com vigor.

Teu contorno formando o teu mapa
assemelha-se ao grande Brasil.
E o teu povo altaneiro, retrata
uma raça mui forte e gentil.

Salve, Salve, gloriosa Terenos!
Berço – índio que Deus embalou.
Salve Terra por ti lutaremos,
batalhando com fé, com vigor.

Verdes matas cobriam-te outrora
e por elas o índio andou.
Arrozais embelezam-te agora,
que a mão do emigrante plantou.

Salve, Salve, gloriosa Terenos!
Berço – índio que Deus embalou.
Salve Terra por ti lutaremos,
batalhando com fé, com vigor.

Deus te fez majestosa, Terenos!
E a ele queremos honrar.
Tua glória em canções, cantaremos:
Tu és céu, tu és sol, tu és mar!

Salve, Salve, gloriosa Terenos!
Berço – índio que Deus embalou.
Salve Terra por ti lutaremos,
batalhando com fé, com vigor.