Hino do município de Videira

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Videira
Letra por Rubens Mendes de Moraes
Melodia por Maestro Antonio Alberto Ramos
Instituído pela Lei Municipal de Videira 13 de 1987.


Os litígios e as lutas de outrora,
A rudez dos confrontos de então,
Foram fatos bem tristes da aurora
Dos teus dias em pleno sertão.

Um mesclado de sangue, de raças,
Que o valor do teu povo gerou,
Alijando a discórdia e as desgraças,
Pela paz o progresso implantou !

Estribilho
- Oh! Querência amada, generosa e fagueira!
És catarinense,
Bela e Videirense
Terra brasileira!
Capital da uva, tão garbosa e altaneira,
Deus nos permita a sorte
De viver até a morte
Em tua glória, Videira!

Da estação Rio das pedras, Perdizes,
da erva mate no teu despertar,
mais te elevas, mantendo felizes
os teus filhos, que sabem te amar.
Hoje vives da indústria na lida,
E da terra fecundo labor,
Dando prova eloqüente que a vida
É trabalho, é esperança, é amor!