Hino dos Aeronautas Brasileiros

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino dos Aeronautas Brasileiros Roundel of Brazil.svg
Letra por Armando Serra de Menezes
Melodia por João Nascimento


Existe na Wikipédia um artigo relacionado com Hino dos Aviadores Brasileiros.

Vamos filhos altivos dos ares
Nosso voo ousado alçar
Sobre campos, cidades e mares,
Vamos nuvens e céus enfrentar.

D'astro-rei desafiamos os cimos
Bandeirantes audazes do azul
As estrelas de noite, subimos
Para orar ao Cruzeiro do Sul.

Contato! Companheiros!
Ao vento, sobranceiros,
Lancemos o roncar
Da hélice a girar.

Contato! Companheiros!
Ao vento, sobranceiros,
Lancemos o roncar
Da hélice a girar.

Mas se explode o corisco no espaço
Ou a metralha, na guerra, rugir,
Cavaleiro do século do aço
Não nos faz o perigo fugir.

Não importa a tocaia da morte
Pois que a pátria, dos céus no altar,
Sempre erguemos de ânimo forte
Do holocausto da vida, a voar.

Contato! Companheiros!
Ao vento, sobranceiros,
Lancemos o roncar
Da hélice a girar.

Contato! Companheiros!
Ao vento, sobranceiros,
Lancemos o roncar
Da hélice a girar.


Armas Nacionais Hinos das Forças Armadas do Brasil Armas Nacionais

Cisne Branco (Marinha do Brasil) | Canção do Exército (Exército Brasileiro) | Hino dos Aeronautas Brasileiros (Força Aérea)