Ir vos queredes e non ei poder

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ir vos queredes e non ei poder
por Joan Airas


Ir vos queredes e non ei poder,
par Deus, amigo, de vos én tolher;
e se ficardes, vos quero dizer,
meu amig', o que vos por en farei:
os dias que vós a vosso prazer
non passastes, eu volos cobrarei

Se vos fordes, sofrerei a maior
coita que sofreu molher por senhor;
e se ficardes polo meu amor
direi volo que vos por en farei:
os dias que vós a vosso sabor
non passastes, eu volos cobrarei

Ide vos e teendes m'en desden
e fico eu mui coitada por en;
e ficade por min, ca vos conven,
e direi vos que vos por en farei:
os dias que vós non passastes ben,
ai meu amigo, eu volos cobrarei