Jesus pantocrator

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jesus pantocrator
por Luís Delfino
Publicada em Rosas Negras.


Há na Itália, em Palermo, ou pouco ao pé, na igreja
De Monreale, feita em mosaico, a divina
Figura de Jesus Pantocrator: domina
Aquela face austera, aquele olhar troveja.
 
Não: aquela cabeça é de um Deus, não se inclina.
À árida pupila a doce, a benfazeja
Lágrima falta, e o peito enorme não arqueja
À dor. Fê-lo tremendo a ficção bizantina.
 
Este criou o inferno, e o espetáculo hediondo
Que há nos frescos de Santo Stefano Rotondo;
Este do mundo antigo espedaçado assoma...

Este não redimiu; não foi à Cruz: olhai-o:
Tem o anátema à boca, às duas mãos o raio,
E em vez do espinho à fronte as três coroas de Roma.