Meu Senhor Deus, venho-vos eu rogar

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Meu Senhor Deus, venho-vos eu rogar
por Fernão Garcia de Sousa (Esgaravunha)


Meu Senhor Deus, venho-vos eu rogar
com a maior coita que nunca vi
haver a home: havede de mi
doo, Senhor, e nunca tal pesar
       me façades, meu Senhor Deus, veer
       per que eu haja o corp'a perder!
  
Ca estou eu hoj'a mui gram pavor
de o veer, e meu sem est atal
de vos rogar por est'e nom por al:
que nunca tal pesar de mia senhor
       me façades, meu Senhor Deus, veer
       per que eu haja o corp'a perder!
  
E bem sei eu, de pram, ca se fezer
mia senhor o que tem no coraçom,
ca perderei eu o corpo; mais nom
tam gram pesar nunca, se vos prouguer,
       me façades, meu Senhor Deus, veer
       per que eu haja o corp'a perder!