Ora, senhor, nom poss'eu já

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ora, senhor, nom poss'eu já
por Dom Dinis


Ora, senhor, nom poss'eu já
por nenhũa guisa sofrer
que me nom hajam d'entender
o que eu muito receei,
ca m'entenderám que vos sei,
senhor, melhor ca mim querer.
 
Esto receei eu muito_há
mais esse vosso parecer
me faz assi o sem perder
que des oimais, pero m'é greu,
entenderám que vos sei eu,
senhor, melhor ca mim querer.
 
Veed'em vós como será
ca, par Deus, nom hei já poder
que em mim nom possa veer
quem quer que me vir des aqui
que vós sei eu por mal de mi,
senhor, melhor ca mim querer.