Página:40 anos no interior do Brasil.pdf/62

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
62 | 40 anos no interior do Brasil: aventuras de um engenheiro ferroviário

O telegrama me causou grande preocupação e na noite seguinte não dormi tão despreocupado como antes. Nos meus sonhos confusos, estava batendo constantemente no estranho Evarista. Na manhã seguinte, quando montei minha mula, levei minhas dúvidas e pensamentos na sela. Como poderia evitar o assassinato e ainda proporcionar aos espanhóis os seus direitos? Não se mostrava nenhuma saída. Por ter ainda alguns dias de prazo contei com a sorte e pensei: Com o tempo tudo se ajeita.

Mas, desta vez, a semana passou extremamente rápida, e no fim eu ainda não sabia o que fazer. Os espanhóis voltaram pontualmente no domingo. Cumprimentei-os amigavelmente e expliquei que o meu chefe infelizmente não queria saber nada a respeito da proposta feita, e que por isso eu não tinha mais soluções do que há oito dias. Contudo eles ouviram a notícia perfeitamente tranquilos; sem esperar mais explicações pegaram seus chapéus e quiseram ir embora. Porém eu os detive, pois nesse momento crítico me ocorreu, de fato, uma solução.

“Ouça, pessoal!” Disse-lhes. “Apesar disso encontrei uma saída. O pagamento é realizado no barracão no Rio dos Mortes. Avisarei o dia e a hora. Fiquem à espreita na mata próxima. Quando o pagamento for efetuado, aproximem-se sorrateiramente, sem serem notados, entrem na casa e cerquem-na! Imediatamente após o pagamento chamarei Evarista ao quarto ao lado e lá ele terá que pagá-los na minha presença”.

Por um momento reinou um profundo silêncio, mas então rompeu um tagarelar em espanhol, que pareceu com poderosa cachoeira e o qual eu não consegui mais acompanhar. Depois de, aparentemente, os quatro estarem de acordo, outra vez avançou o mesmo rapaz de cabelos crespos que há oito dias tinha sido o porta-voz do grupo, e fez para mim um longo discurso do qual eu, no entanto, não entendi muito. Mas pude deduzir da conversa, que minha proposta tinha sido aceita. Mas só pensavam que seu plano fosse mais simples. Agradeceram de maneira exaltada, como é o costume, e despediram-se novamente.

Então, no dia do pagamento, eu estava um pouco tenso. Avisei o pessoal a tempo e cavalguei corajosamente para a casa determinada, a qual