Página:A Bella Madame Vargas.djvu/108

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Madame Vargas 

Meu querido! (Acompanha-o até á porta. Fica a dizer-lhe adeus porque José passa pela varanda. Depois tem um grande suspiro, destende os braços. Infinita tristeza na face. Instante. Silêncio. Cae numa cadeira junto a janella, meditando. Entra Belfort.)


Belfort 

Muito bom dia, Hortencia.


Madame Vargas 

Oh! barão.


Belfort 

Como vamos d’hontem?


Madame Vargas 

Como fiquei hontem.


Belfort 

Alguma coisa grave?


Madame Vargas 

Infinitamente Grave. Encontrou José?


Belfort 

Vim do landaulet. Não o vi. Trata-se delle?