Página:A Bella Madame Vargas.djvu/117

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Belfort

Vi-o menino.


Madame Vargas

Tem-me por chic, tem-me por prazer mau, tem-me como se tem uma preza. Dei-lhe o que uma mulher tem de mais caro : a reputação. Como? Não sei! Era a sua impertinencia, era a sua sciencia de tentação. Eu estava tão só, havia tanto tempo… Se podesse ser perdoada, teria apenas para o perdão essa terrivel expiação de todos os momentos, sentindo-o a fingir amor, a gosar, a mandar, a dispôr da minha honra, da minha vida, por vaidade, por egoismo, por maldade.


Belfort

Mas não fará nada disso.


Madame Vargas

Não o conhece.


Belfort

Mais do que supôe. Quer ter confiança em mim?