Página:A Bella Madame Vargas.djvu/125

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Belfort

Claro que com a sua altivez e a sua intangivel honestidade ella não acceitaria nem acceitará nunca auxilios de dinheiro estranho. Qual a solução que você apontaria a nossa pobre amiga, que não sabe ser senão bela e gastadora—para a salvar do cataclismo?


Carlos

Francamente…


Belfort

Ella está bem num dilemma, não acha?


Carlos

Comprehende, esta confidencia imprevista…


Belfort

Da minha parte, não ha duvida, deve espantal-o. Mas nós conversámos muito. E ha de facto uma solução providencial, a solução que noventa e nove vezes sobre cem accode ás pessoas acostumadas ao