Página:A Bella Madame Vargas.djvu/134

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


mundana, aquillo por que vocês todos almejam : a mulher bonita de sociedade, que se assalta uma noite de baile, que se envolve em luxurias aprendidas nas pensões, e que se conserva mesmo ás escondidas como um brasão, porque posa bem. Oh ! não! Interromper-me para que? É exactamente isso. Depois a paixão ocupa. Entra uma Renée e uma Gloriá qualquer e sempre elegante, o luxo gratuito de uma senhora a quem se domina pela revelação libidinosa, pelo proprio terror do escandalo…


Carlos 

Barão! Não me confunda com essa gente. O seu scepticismo aniquilla a vontade que tenho de convencel-o. ! Não! Eu não quero impedir a felicidade della, eu sei que sou transitorio, que não devo ser levado em conta. Ela pode casar. Mas não com aquelle, não com elle. Esse não! não!


Belfort 

Porque?