Página:A Bella Madame Vargas.djvu/179

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Belfort 

A apostar que falavam mal da vida alheia?


Baby 

Enquanto não fallavamos de amor.


Madame Azambuja 

Alguma declaração?


Belfort 

Não. A Baby confessava que precisa amar. Eu disse-lhe que trabalhasse em alguma coisa util. O amor é sempre um resultante da falta do que fazer. Ella ri e não acredita. Chamou-me creança.


D. Maria 

O topete desta menina!


Belfort 

Deus fala pela bocca da innocencia.

Baby (que já está na sala).

Não me faça corar!