Página:A Guerra de Canudos.djvu/216

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
184
A Guerra de Canudos

No acampamento eram presentidos movimentos fora do commum; entretanto, ignorava-se ao certo o dia do assalto; só a 17, vespera, houve d'isso conhecimento, ao ser publica a seguinte ordem do dia, n. 80:

— « Valentes officiaes e soldados das forças expedicionarias no interior do Estado da Bahia! — Desde Cócoróbó até aqui, o inimigo não tem podido resistir á vossa bravura. Attestam-n'a os combates de Cócoróbó, Trabubú, Macanibira, Angico, dous outros no alto da Favella e os dous assaltos que o inimigo trouxe á artilharia.

Amanha vamos batel-o na sua Cidadela de Canudos. A Pátria, que tem os olhos fitos sobre vós, tudo espera de vossa bravura. O inimigo traiçoeiro, que não se apresenta de frente, que combate-nos sem ser visto, tem, comtudo, soffrido perdas consideraveis. Elle está desmoralizado; e, pois, si tiverdes constancia, si ainda uma vez fordes os bravos de todos os tempos, Canudos estará em nosso poder; iremos descançar e a Patria saberá agradecer todos os nossos sacriffcios.