Página:A Patria Brazileira.djvu/213

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— l′J7 —


Capitulo I

Serras, montes e montanhas (*)

As montanhas do Brazil pertencem a dois systemas: — Farima e Brazileiro. A principal cadeia do systema Farima corre pela fronteira norte do Brazil com os nomes de serras Tumuc-Humac, Acarahy, Par açaima etc.

Três cadeias principaes contém o systema Brazileiro: — Occidental ou Serra das Vertentes, que separa as bacias <lo Amazonas, Tocantins e Parnaliyha das dos rios Paragua} Paraná e S. Francisco, e prolonga-se desde os limites do Estado do Geará com o do Piauí ly até ao de Matto Grosso, tomando diíferentes nomes, como — Alegre, Dois Irmãos, Pyrinéos, Saiiía Martha, P areeis, eic; Cadeia Central ou Serra do Espinhaço que se prolonga desde a margem direita do rio S. Francisco, atravessando os Estados da Bahia, até Minas Geraes e S. Paulo, com as denominações Almas, Mantiqueira etc; Cadeia Oriental ou Serra do Mar que, parallela á costa, vae do Estado de Sergipe ao do Rio Grande •do Sul, tomando diíferentes nomes, como Órgãos, Aymorés etc.

Destacaremos dentre as serras e montanhas brazileiras algumas das mais elevadas: — Itatiaia (Agulhas negras), em Minas Geraes, 2994 metros; Itatiaia (Pyramides) no mesmo Estado, 2500 metros; Pyrinéos, no Estado de Goyaz, 2310 metros; Órgãos, no Estado do Rio de Janeiro, 2232 metros; Itapemerim, no Estado do Espirito Santo, 2100 metros; Itaco-,

(*j Mo. te é uma porção de terra que se eleva sobre a planície. Montanha é um monte grande. Ser7′a é uma reunião de monlaxhas. Cadeia é uma reunião de serras. Grupo é «ma reunião de cadeias. Um systema de montanlias compõe-se de muitos giupos, Jigados entre si.