Página:A Patria Brazileira.djvu/319

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
- 301 —


Agrário de Menezes.

Innocencia o livro mais traduzido nas linguas modernas. Dizem que a humanidade no futuro será mongolica; teme-se o perigo amarello. Seremos todos avassallados, falar-se-ão só as linguas orientaes... Pois bem, Innocencia está consagrada: ficíirá ccmo uma reliquia de nossa litteratura; porque, imaginae, está traduzida em japonez!» (*)

Si do romance passarmos ao género dramático, e onde alguns dos já citados figuram, deparamse-nos, por exemplo. Agrário de Menezes, auctor do Calabar, também poeta, fallecido repentinamente, no theatro S. Joào, na Bahia, quando recebia ovações pela representação de uma de suas peças; Martinho Vasques, também popularissimo actor (Lagrimas de Maria); Augusto

de Castro; Moreira Sampaio; Pinheiro Guimarães; Martins Penna (O Juiz de Paz na roça, hmiãos das Ahnas, O noviço, Jitdas em saWado de alleluia, Quem casa quer casa, etc), e França Júnior (Como se fazia um deputado. Direito por linhas tortas, etc), comediographos nacionaes, por excellencia; género egualmente cultivado por Arthitr de Azevedo, também poeta e jornalista, dentre cujas producções algumas, como a Capital Federal e a comedia em verso o Badejo, foram

Arthur de Azevedo.

{*) A litteratura actual do Brazil, coníerencia realizada no Atheiíeu Argentino, em Buenos-Ayres, em Dezembro de 1897.